Gengiva inflamada é preocupante? Explicamos tudo em detalhe

A importância dos cuidados com a sua gengiva

Quem nunca teve uma gengiva inflamada? Cuidar das gengivas faz parte dos hábitos diários de higiene do nosso corpo.

Muitas vezes focamos apenas em manter a pele ou os cabelos saudáveis e esquecemos esse ponto importante: a saúde das nossas gengivas. Para garantir uma boa aparência, um sorriso saudável e impecável os cuidados vão muito além da escovação após as refeições – essa etapa sem dúvida é muito importante, mas não basta.

Uma gengiva com aspecto saudável possui os tecidos lisos e uma coloração levemente rosada. Sem nenhum sinal de sangramento no momento da escovação e com bastante adesão aos dentes.

Cuidados a ter com a gengiva

Durante a nossa rotina de higiene bucal é de extrema importância dar uma atenção especial às gengivas para eliminar a placa bacteriana formada por resíduos acumulados durante a nossa alimentação diária. Ao longo do tempo essa placa bacteriana adere fortemente aos dentes formando o famoso tártaro. Já nessa etapa a remoção deve ser feita apenas por um dentista, com uma limpeza profissional.

Gengiva inflamada, causas e tratamento

A saúde das nossas gengivas vai além do simples e temido mau hálito ocasionado pelo tártaro. Se não for devidamente tratada teremos uma inflamação na gengiva, mais conhecida como gengivite, capaz de evoluir para uma doença mais grave chamada periodontite. Nos casos de maior gravidade a periodontite deixa a raiz do dente exposta, podendo atingir o osso e acarretando na perda dos dentes.

Abaixo, mostramos as principais características da periodontite:

Periodontite

Com o tempo a placa bacteriana poderá se transformar no chamado tártaro ou em termos médicos: cálculo gengival. As placas e o tártaro são capazes de deslocar as gengivas destruindo as fibras gengivais. Se não for tratado a tempo, a estrutura óssea capaz de sustentar o dente pode ser comprometida, ocasionando a perda do dente.

Sinais da periodontite:

  • Inflamação persistente (gengiva inflamada)
  • Reabsorção (perda) óssea
  • Presença de bolsas periodontais
  • Presença de pus
  • Mau hálito

Por esses e outros motivos é muito importante o cuidado com as nossas gengivas mantendo uma higienização regular e correta, incluindo uma visita periódica ao dentista e sem esquecer o uso do fio dental.

Limpeza das gengivas

POSSÍVEIS DECORRÊNCIAS DA GENGIVITE

Além de todos esses pontos mencionados no texto, a gengivite quando não tratada pode causar a periodontite: uma inflamação mais severa capaz e atingir os tecidos que fixam os dentes, podendo levar à perda dos mesmos, como já mostramos acima no texto.

Para evitar esses riscos buscar conhecimento e saber como tratar qualquer doença é extremamente necessário. Uma saúde bucal em dia pode afastar diversos desses problemas.

Como evitar as doenças nas gengivas

Abaixo, mostramos os principais cuidados para a prevenção da gengivite:

  1. ESCOVAÇÃO E FIO DENTAL

Mencionamos o quão importante é manter uma higiene bucal regular e essa recomendação não é superficial. Evitando o acúmulo da placa bacteriana evitamos diversas doenças bucais.

  1. BOA ALIMENTAÇÃO

Com a rotina diária fica difícil manter uma alimentação regrada e saudável, mas é sempre bom lembrar que os alimentos e bebidas doces são venenos para os nossos dentes. Sem duvida alguma esse tipo de alimento é o que mais adere e deixa resíduos na boca, dificultando bastante à higienização.

  • Consumir fibras, verduras e legumes ricos em vitaminas trazem benefícios para a nossa saúde bucal;
  • Uma pequena porção de cenoura crua tem a capacidade de raspar boa parte da placa bacteriana quando mastigada durante as refeições;
  • O pepino controla o mau hálito com importantes propriedades fitoquímicas;
  • Até as famosas e deliciosas fatias de cebola crua podem ser úteis para matar bactérias;
  • E na hora de escolher uma bebida, fique longe dos refrigerantes ou outras bebidas doces e opte pelo chá-verde com propriedades anti-inflamatórias;
  1. EVITE O CIGARRO

Todos nós sabemos que o uso do cigarro acarreta em diversos problemas, não apenas para a boca ou gengivas, mas diversos órgãos do corpo. A boca tem contato direto com todos os malefícios do cigarro, como a fumaça e nicotina. Além disso, o cigarro é capaz de diminuir a capacidade que o nosso corpo tem em combater inflamações, atrasando o processo natural de cicatrização liberado por nossa imunidade.

  1. VISITE REGULARMENTE O SEU DENTISTA

Só o seu profissional de confiança será capaz de diagnosticar e iniciar o tratamento correto indicado ao seu caso. Por isso, não se esqueça de consultar regularmente o dentista e fazer uma limpeza para eliminar e amenizar a placa bacteriana e o tártaro encontrado em suas gengivas. Esse processo é muito importante para complementar a sua rotina diária de higiene bucal, mantendo-a saudável.

De qualquer forma é importante que um profissional especializado realize todos os tratamentos necessários para o seu bem estar. Você deverá seguir os cuidados que ele recomendar e acrescentá-los em sua rotina diária de higiene. Se todas as recomendações forem seguidas de forma correta a sua saúde bucal voltará ao normal mantendo sempre a sua aparência e autoestima, como na saúde geral de seu corpo.

Siga uma rotina saudável e para evitar a gengiva inflamada.